Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O papa Francisco discursa em Santa Cruz, Bolívia, no dia 9 de julho de 2015

(afp_tickers)

O primeiro papa latino-americano da História, Francisco, pediu nesta quinta-feira na Bolívia "perdão" em nome da Igreja pelos "crimes cometidos contra os povos originários da América" durante a conquista.

"Quero dizer-lhes, quero ser muito claro, como foi João Paulo II: peço humildemente perdão, não só pelas ofensas da própria Igreja, mas pelos crimes contra os povos originários durante a chamada conquista da América", clamou o pala, durante encontro com os movimentos de base e populares de todo o mundo em Santa Cruz de La Sierra (leste).

AFP