Navigation

Papa se diz consternado com queda de avião da Malaysia Airlines

Fuselagem do avião no local da queda afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 18. julho 2014 - 13:50
(AFP)

O Papa Francisco manifestou nesta sexta-feira "consternação" com a notícia da catástrofe ocorrida com o avião da Malaysian Airlines no leste da Ucrânia, segundo o Vaticano.

"O Papa reza pelas numerosas vítimas do acidente e por seus familiares, renovando seu pedido às partes pela paz e por um compromisso para encontrar soluções de diálogo, com o objetivo de evitar mais perdas de vidas humanas inocentes", escreveu em uma breve mensagem.

Impossibilitado de enviar uma mensagem de pêsames a um país em particular, o Papa menciona as vítimas, entre elas os muitos holandeses.

A tragédia do avião malaio, provavelmente derrubado por um míssil no leste da Ucrânia, provoca indignação e questionamentos em todo o mundo.

Se a investigação conseguir identificar com certeza os autores do disparo, terá um impacto decisivo no conflito que levou a Ucrânia à beira do abismo e que opõe Kiev aos separatistas pró-russos apoiados por Moscou.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.