Navigation

Paraguai fecha parcialmente as fronteiras e restringe circulação de pessoas

Homem caminha com máscara no rosto em Paris em 16 de março de 2020 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 16. março 2020 - 17:13
(AFP)

O Paraguai fechou parcialmente suas fronteiras com o Brasil e a Argentina e suas autoridades anunciaram a restrição do movimento de pessoas entre as 20h00 e as 04h00 para impedir a propagação da epidemia de Covid-19 (coronavírus).

"Os 13 postos aduaneiros dos 42 que temos (com Argentina e Brasil) ficaram habilitados. Somente residentes estrangeiros, diplomatas e membros de organizações internacionais podem entrar", disse a diretora de Migrações, Maria de los Angeles Arriola, em entrevista coletiva.

A funcionária garantiu que a entrada de caminhões com mercadorias será permitida. O acesso de estrangeiros se estenderá até 31 de março.

Uma teleconferência entre os chefes de estado do bloco Mercosul - Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai - foi realizada ao meio-dia da segunda-feira para discutir medidas conjuntas.

As decisões serão comunicadas aos demais países membros do Prosul (Fórum para o Progresso da América do Sul).

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.