Navigation

Paraguai rompe relações com a Venezuela após posse de Maduro

O Presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez, em Itaipu, Paraguai, em 21 de dezembro de 2018 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 10. janeiro 2019 - 17:22
(AFP)

O Paraguai rompeu nesta quinta-feira suas relações diplomáticas com Venezuela após o juramento como presidente de Nicolás Maduro para o período 2019-2025, anunciou o presiente Mario Abdo em uma declaração oficial.

"Determinei o fechamento da embaixada e a imediata retirada do pessoal diplomático em Caracas", afirmou Abdo.

O chefe de Estado paraguaio pediu a outros países que também se expressem "com fatos concretos a favor do povo venezuelano".

O presidente venezuelano Nicolás Maduro prestou juramento nesta quinta-feira para um segundo mandato de seis anos, desafiando os Estados Unidos e grande parte da comunidade internacional, que ameaça aumentar a pressão sobre seu governo considerado ilegítimo.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.