Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

No início de julho, Ryutaro Nonomura, de 47 anos, apareceu em uma coletiva de imprensa em Kobe para explicar uma de suas inúmeras viagens e estadas em balneários com um gasto total de 30.000 euros.

(afp_tickers)

O parlamentar de uma assembleia regional do Japão, que ficou famoso no mundo todo ao chorar histericamente ao pedir perdão por um caso de malversação de fundos públicos, deixou seu cargo, informou uma fonte oficial.

"Os partidos políticos apresentaram uma queixa contra ele", afirmou a fonte do parlamento regional, que aceitou sua demissão.

No início de julho, Ryutaro Nonomura, de 47 anos, apareceu em uma coletiva de imprensa em Kobe para explicar uma de suas inúmeras viagens e estadas em balneários com um gasto total de 30.000 euros.

As desculpas, geralmente solenes e contidas entre os japoneses, acabaram num inesperado espetáculo de choro histérico diante de um público dividido entre o choque e a vontade de rir.

Desde que o vídeo com as imagens foi divulgado, provocando uma enxurrada de reações na classe política nacional, o parlamentar recebeu cerca de 4.000 reclamações de eleitores que exigiam a devolução do dinheiro gasto em passeios.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP