AFP

Emmanuel Macron em 10 de maio de 2017 em Paris

(afp_tickers)

O movimento de Emmanuel Macron, "A República em Marcha", revelará nesta quinta-feira uma primeira lista de candidatos para as eleições legislativas de junho, que permitirão medir a capacidade de renovação e consenso do presidente eleito da França.

Ao invés de uma lista de 577 nomes inicialmente anunciada, o partido do novo presidente apresentará 450 candidatos, segundo o presidente da comissão de posse, Jean-Paul Delevoye.

A afluência de candidaturas depois da vitória de Macron complicou a confecção desta lista, que deve responder à dupla promessa de renovação e de respeito ao pluralismo político.

Para a França, esta é a primeira cena do segundo ato político da história deste ex-ministro da Economia, que ocupará a partir da próxima semana o Palácio de Eliseu aos 39 anos.

Na direita e na esquerda, os partidos tradicionais, o desconcerto e a dúvida são palpáveis, além da tentação de uma aliança visando a uma revanche na votação de 11 e 18 de junho.

AFP

 AFP