AFP

A chanceler alemã, Angela Merkel, durante coletiva em Berlim, em 8 de maio de 2017

(afp_tickers)

O partido conservador da chanceler alemã, Angela Merkel, venceu neste domingo uma eleição regional chave na Renânia do Norte-Westfália, infligindo, assim, uma grande derrota aos sociais-democratas em seu reduto a quatro meses das legislativas.

A União Democrata-Cristã (CDU) de Angela Merkel conquistou 34% dos votos, enquanto o Partido Social Democrata (SPD) de Martin Schulz acumulou 30%, o pior resultado de sua história na região, segundo as pesquisas das redes de televisão públicas ARD e ZDF.

Mais de 13 milhões de eleitores - um quinto dos inscritos na Alemanha - estavam convocados para eleger o novo parlamento da Renânia (centro-oeste), o estado mais populoso do país, além de ser uma bacia siderúrgica em plena reestruturação.

A vitória dos conservadores é um golpe para o Partido Social Democrata (SPD) e seu líder Schulz, nascido na região e que busca vencer Merkel nas legislativas e privá-la, assim, de um quarto mandato, o que este resultado frustraria.

AFP

 AFP