Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O presidente destituído da Catalunha, Carles Puigdemont

(afp_tickers)

O partido separatista do presidente catalão destituído, Carles Puigdemont, anunciou nesta segunda-feira que irá participar das eleições regionais convocadas para 21 de dezembro pelo Estado espanhol, que colocou a Catalunha sob tutela.

"No dia 21, nós iremos às urnas, iremos com convicção e desejamos profundamente que a sociedade catalã possa se expressar", declarou à imprensa a porta-voz do partido PDeCAT, Marta Pascal, três dias após a proclamação de independência no Parlamento catalão, o que provocou a intervenção de Madri na região autônoma.

Neste contexto, Carles Puigdemont se encontrava nesta segunda-feira em Bruxelas, segundo indicou à AFP uma fonte do governo, sem maiores detalhes.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP