Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Latas de Pepsi diet são fotografadas em Nova York, no dia 9 de fevereiro de 2012

(afp_tickers)

A PepsiCo anunciou nesta sexta-feira que irá se curvar à demanda dos clientes e vai banir o adoçante aspartame de sua linha de refrigerantes dietéticos nos Estados Unidos.

A partir de agosto, as bebidas Diet Pepsi, Pepsi Diet sem cafeína e Wild Cherry Pepsi Diet serão adoçadas com uma mistura de sucralose e acessulfame de potássio, disse a empresa.

A mistura substitui o aspartame, um adoçante artificial aprovado pela agência norte-americana que regula os medicamentos (Food and Drug Administration, a FDA), mas que tem sido marcado por severas críticas há anos por representar riscos à saúde.

"Reconhecemos que a demanda do consumidor está evoluindo", afirmou Seth Kaufman da PepsiCo.

Relatórios mostraram no ano passado que as vendas de refrigerantes à base de cola diet estão em franco declínio.

AFP