Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O chileno Pablo Neruda

(afp_tickers)

Um grupo de 16 especialistas internacionais convocados pela justiça chilena concluiu, nesta sexta-feira, que o poeta e prêmio Nobel de Literatura Pablo Neruda não morreu devido a um câncer, como consta em sua certidão de óbito, pouco depois do golpe militar de 1973.

"É rotundamente e 100% certo que a certidão (de óbito) não reflete a realidade do falecimento", afirmou o médico Aurelio Luna em coletiva de imprensa.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP