Navigation

Peru declara alerta epidemiológico por surto de dengue

(Arquivo) Em foto divulgada pelo Ministério da Saúde do Peru, funcionários desinfectam área com mosquitos da dengue, na Amazônia peruana afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 23. março 2021 - 21:01
(AFP)

O Peru declarou alerta epidemiológico devido a um surto de dengue que já deixou sete mortos e afetou mais de 12 mil pessoas este ano, um terço a mais do que no mesmo período de 2020, anunciou nesta terça-feira o Ministério da Saúde.

O surto, que coincide com a segunda onda de Covid-19, afeta um terço do país, incluindo Lima, onde autoridades sanitizaram várias regiões para evitar a presença do mosquito Aedes aegypti. "Foram notificados 12.125 casos de dengue no país, com sete mortos", informou o Centro Nacional de Epidemiologia do Ministério da Saúde peruano, com dados do encerramento da primeira semana de março.

Autoridades de saúde ativaram o alerta após se observar um aumento de 34% do número de casos em nível nacional em comparação com as mesmas semanas de 2020. Na região amazônica de Madre de Dios, fronteira com Brasil e Bolívia, a incidência de dengue é de 456 casos a cada 100 mil habitantes, a mais alta do país.

O Centro de Epidemiologia, Prevenção e Controle de Enfermidades peruano anunciou na semana passada um reforço dos controles e sanitizações, ante o aumento dos casos de dengue, chikungunya e zika em várias regiões do país. No ano passado, 88 pessoas morreram de dengue no Peru, segundo o Ministério da Saúde.

Partilhar este artigo

Modificar sua senha

Você quer realmente deletar seu perfil?