Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Poço de petróleo perto da cidade de Andrews, Texas

(afp_tickers)

O petróleo fechou em baixa nesta quarta-feira, por causa do aumento da produção semanal americana e de novas tensões políticas em torno do presidente Donald Trump.

O barril "light sweet crude" (WTI) recuou 77 centavos, a 46,78 dólares para os contratos com entrega em setembro no New York Mercantile Exchange (Nymex).

Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte para entrega em outubro fechou a 50,27 dólares, uma redução de 53 centavos.

Na segunda parte da sessão, o barril, que já estava no vermelho, acentuou sua queda quando surgiram os primeiros rumores sobre a dissolução de dois conselhos consultivos de Trump em política econômica e que finalmente foram eliminados pelo próprio mandatário em meio à demissão de vários de seus integrantes.

Vários executivos desistirem de integrá-los por causa dos comentários do mandatário sobre a manifestação de supremacistas brancos neste fim de semana, que deixaram uma mulher morta.

Antes disso, o petróleo já estava em queda após o anúncio do Departamento de Energia americano sobre a alta da produção semanal de petróleo no país.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP