Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Poço de petróleo perto da cidade de Andrews, Texas

(afp_tickers)

O petróleo caiu nesta sexta-feira (6) quase 3%, com os investidores preocupados com a aproximação de uma nova tempestade da costa americana do Golfo do México.

O barril de light sweet crude (WTI) para novembro recuou 1,50 dólar, ou seja, 2,95%, e ficou a 49,29 dólares no New York Mercantile Exchange (Nymex).

Os preços estavam em alta pelos sinais de Arábia Saudita e Rússia de que estão dispostos a estender o acordo de redução das extrações, previsto para acabar em março.

Contudo, Bart Melek, da TD Securities, disse que o mercado está bem otimista, já que pouco deve mudar antes da próxima cúpula da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), no mês que vem.

Os investidores optaram, nesta sexta, pela prudência, com a aproximação da tempestade Nate do Golfo do México, uma rica zona petroleira.

Os furacões que atingem os Estados Unidos afetam a produção e, principalmente, a atividade das refinarias, que acabam sendo fechadas, reduzindo a demanda local de petróleo.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP