Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Poço de petróleo perto da cidade de Andrews, Texas

(afp_tickers)

A cotação do petróleo registrou forte queda em Nova York nesta quarta-feira, em meio a dúvidas sobre o aumento da produção russa.

O preço do barril de "light sweet crude" (WTI) recuou 1,94 dólares, a 45,13 dólares nos contratos com entrega para agosto negociados no New York Mercantile Exchange (Nymex).

O barril de Brent do Mar do Norte com entrega em setembro fechou o dia a 47,71 dólares em Londres, uma queda de 1,90 dólares em relação à última terça-feira.

"Os investidores ficaram decepcionados com a indicação de que os russos não querem reduzir ainda mais sua produção", disse Mike Lynch, da Strategic Energy & Economic Research, antes do fechamento.

A Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) e outros dez países, inclusive a Rússia, estão comprometidos com uma redução de sua produção, prolongada até março de 2018, a fim de aumentar os preços do barril.

Antes da sessão desta quarta, o barril de petróleo tinha registrado uma série de oito altas seguidas.

AFP