Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

As reservas de petróleo subiram claramente menos do que o previsto na semana passada nos Estados Unidos

(afp_tickers)

O petróleo fechou em alta nesta segunda-feira em Nova York, após cinco sessões consecutivas em baixa, diante dos riscos para a oferta mundial devido a conflitos geopolíticos.

O barril de "light sweet crude" (WTI) para entrega em setembro ganhou 41 centavos na New York Mercantile Exchange (Nymex) e se situou em 98,29 dólares.

Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte com o mesmo vencimento fechou a 105,41 dólares na Intercontinental Exchange (ICE), em alta de 57 centavos em relação ao fechamento de sexta-feira.

O WTI se recuperou depois de uma queda de 4% na semana passada, quando chegou ao seu nível mais baixo nos últimos seis meses. Segundo o analista Andy Lipow, tem como origem a situação existente em importantes países produtores de petróleo.

"Durante todo o fim de semana, as notícias foram tomadas pela violência que afetou o Oriente Medio, na Líbia e no Iraque, e a combinação desses eventos está fazendo com que o preço do cru suba", considerou.

AFP