Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Operadores da bolsa de valores de Nova York, em 4 de agosto de 2010.

(afp_tickers)

O petróleo em Nova York fechou em alta nesta segunda-feira, com a aposta de operadores em uma nova queda de reservas semanais nos Estados Unidos.

O barril de "light sweet crude" (WTI) para entrega em setembro subiu 43 centavos no New York Mercantile Exchange (Nymex), a 98,08 dólares.

Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte para entrega no mesmo prazo fechou a 104,68 dólares no Intercontinental Exchange (ICE), queda de 34 centavos em comparação ao fechamento de sexta-feira.

"Os operadores antecipam uma nova queda de reservas de cru nos EUA no informe do Departamento de Energia que publicado na quarta-feira. A contração sinaliza um crescimento da demanda", estimou o analista independente Andy Lipow.

Estas reservas baixaram em 22 milhões de barris nas últimas seis semanas e as refinarias continuam operando em níveis recordes, explicou.

O avanço do WTI foi, contudo, limitado, e o Brent caiu, na medida em que, apesar das tensões geopolíticas no mundo, "ainda não observamos problemas particulares sobre a oferta no mercado mundial", destacou Lipow.

AFP