Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Plataforma de petróleo perto de Tioga, na Dakota do Norte, em 21 de agosto de 2013

(afp_tickers)

O petróleo fechou com leve alta nesta terça-feira em Nova York, após o anúncio de uma redução da produção da Opep em agosto e com a atenuação do impacto dos furacões nos Estados Unidos.

O barril de "light sweet crude" (WTI) teve alta de 16 centavos a 48,23 dólares nos contratos para outubro negociados no New York Mercantile Exchange (Nymex).

"O WTI se estabilizou abaixo dos 50 dólares", avaliou Gene McGillian da Tradition Energy.

"Algumas preocupações vinculadas às consequências do fechamento de refinarias (pelo furacão Harvey) da costa do Golfo do México vão diluindo à medida que as instalações voltam à normalidade", completou.

Além disso, o furacão Irma foi menos devastador do que se esperava nos Estados Unidos e não deve prejudicar a demanda do combustível.

O mercado ficou mais atento ao fato de que a Opep anunciou que sua produção voltou a baixar no mês passado.

Essa queda foi atribuída a uma redução da produção da Líbia, devido aos confrontos armados no país terem impedido a extração de petróleo.

Além da Líbia, Arábia Saudita, Iraque e Irã também começam a reduzir a produção.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP