Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Plataforma de petróleo no Golfo do México

(afp_tickers)

O petróleo fechou em alta nesta quinta-feira (9), em um mercado concentrado nas tensões políticas na Arábia Saudita e nos anúncios de menores exportações de petróleo do país aos Estados Unidos.

O barril do light sweet crude (WTI) para dezembro teve alta de 36 centavos, a 57,17 dólares, no New York Mercantile Exchange.

No mercado de Londres, o barril do Brent do Mar do Norte para entrega em janeiro avançou 44 centavos e fechou em 63,93 dólares.

"Estamos à mercê da evolução dos acontecimentos no Oriente Médio", disse Matt Smith da ClipperData.

Autoridades sauditas anunciaram, nesta quinta, que mais de 200 pessoas foram presas em uma operação anticorrupção que atinge principalmente príncipes, ministros e empresários.

Os investidores também estão inquietos com a forte tensão entre Riad e Teerã, após o lançamento de um míssil, atribuído pelos sauditas a rebeldes do Iêmen supostamente apoiados pelo Irã.

Os preços também foram sustentados porque o governo saudita disse que em dezembro vai reduzir em 10% suas exportações de petróleo aos Estados Unidos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP