Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Poço de petróleo perto da cidade de Andrews, Texas

(afp_tickers)

O petróleo fechou em leve alta nesta sexta-feira (1º), após uma semana marcada pelo impacto da tempestade Harvey em jazidas, refinarias e oleodutos do sul dos Estados Unidos.

O barril de "light sweet crude" (WTI) para entrega em outubro avançou 6 centavos, a 47,29 dólares, no New York Mercantile Exchange (Nymex).

Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte para novembro, em seu primeiro dia de uso como contrato de referência, recuou 11 centavos e fechou a 52,75 dólares.

As principais preocupações dos mercados são por quanto tempo as refinarias do Golfo do México vão continuar fechadas e qual será a extensão do impacto sobre a demanda de petróleo, disse Gene McGillian, da Tradition Energy.

O Harvey, que chegou como um furacão ao Texas há uma semana e logo foi rebaixado para tempestade tropical, forçou o fechamento de instalações petroleiras responsáveis por um quarto da capacidade americana de refinar petróleo.

Nesta sexta, dez refinarias ainda não estavam funcionando, e quatro operavam parcialmente, duas a mais do que na véspera.

Bart Melek disse que o mercado está avaliando os estragos provocados pela tempestade, mas que, desde já, parecem ser menores do que os causados pelo furacão Katrina, em 2005.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP