Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

As reservas de petróleo subiram claramente menos do que o previsto na semana passada nos Estados Unidos

(afp_tickers)

O preço do petróleo cru voltou a cair em Nova York nesta terça-feira, pouco influenciado pelas tensões geopolíticas, em um mercado que aguarda os dados das reservas dos EUA na quarta-feira.

O barril de "light sweet crude" (WTI) para entrega em setembro baixou 70 centavos, a 100,97 dólares no New York Mercantile Exchange (Nymex).

"O mercado americano se vê pouco influenciado pela escalada de tensões geopolíticas", destacou Carl Larry, da Oil Outlooks and Opinion.

O Brent do Mar do Norte para entrega em setembro foi cotado a 107,72 dólares o barril no Intercontinental Exchange (ICE) de Londres, uma alta de 15 centavos em relação ao fechamento de segunda-feira.

No mercado de energia dos EUA os preços caíram a níveis de antes da queda do avião de passageiros da Malasya Airlines no leste da Ucrânia, ressaltou Bob Yawger, da Mizuho Securities.

A União Europeia decidiu nesta terça-feira atingir a economia russa com o objetivo de persuadir o presidente Vladimir Putin a retirar seu apoio aos rebeldes pró-russos na Ucrânia. Os Estados Unidos também anunciaram novas sanções a três bancos russos.

A falta de reação do mercado "é surpreendente" destacou Andy Lebow, da Jefferies Bache. O analista acha possível que "o mercado esteja antecipando uma demanda à queda do petróleo", particularmente nos Estados Unidos.

AFP