Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Poço de petróleo perto da cidade de Andrews, Texas

(afp_tickers)

O petróleo fechou em baixa nesta sexta-feira, em meio a em meio a sinais de força da produção americana.

O barril "light sweet crude" (WTI) recuou 1,29 dólares e fechou a 44,23 dólares para os contratos com entrega para agosto no New York Mercantile Exchange (Nymex).

Na semana, o barril nova-iorquino perdeu 1,81 dólares (-3,93%).

O barril de Brent do Mar do Norte com entrega para setembro fechou em Londres a 46,71 dólares, um recuo de 1,40 dólar em relação à última quarta-feira.

De acordo com o Departamento de Energia dos Estados Unidos, a produção no país saltou na semana passada após uma queda atribuída a fenômenos pontuais, meteorológicos.

O anúncio desta quinta-feira de uma baixa semanal das reservas de petróleo, refinados e combustíveis "não foi suficiente para compensar o estado de ânimo de um mercado em queda", opinou o analista James Williams da WTRG.

A alta da produção americana complica os esforços para limitar as extrações de petróleo da Opep e outros produtores, principalmente Rússia.

"A tendência dos preços provavelmente vai continuar para baixo a não ser que a Opep procede a uma mudança", estimou Williams.

AFP