Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Plataforma de petróleo perto de Tioga, na Dakota do Norte, em 21 de agosto de 2013

(afp_tickers)

O petróleo nova-iorquino fechou em baixa nesta quarta-feira, afetado por algumas realizações de lucros depois de uma forte alta, alimentada principalmente pelos dados das reservas comerciais de petróleo nos Estados Unidos.

O barril de light sweet crude (WTI) para entrega em dezembro caiu 8 centavos, fechando a 54,30 dólares no New York Mercantile Exchange.

No Intercontinental Exchange (ICE) de Londres, o barril de Brent do mar do Norte para entrega em janeiro recuou 45 centavos, a 60,49 dólares.

Os Estados Unidos reduziram suas reservas de petróleo mais do que o esperado, e suas exportações alcançaram um recorde - de acordo com dados divulgados pelo Departamento americano de Energia.

Na semana concluída em 27 de outubro, os estoques de petróleo tiveram uma queda de 2,4 milhões de barris, a 454,9 milhões.

Analistas da Bloomberg calcularam uma queda de 1,3 milhão de barris.

As reservas de gasolina caíram 4 milhões de barris, quando a média esperada pelos analistas era de 1,55 milhão.

Os estoques de destilados diminuíram em 300.000 barris, contra uma queda de 2,5 milhões prevista por analistas.

A produção de petróleo se manteve quase estável, com uma média de 9,55 milhões de barris diários, contra 9,51 milhões na semana precedente.

Já as exportações subiram a 2,13 milhões de barris por dia, a maior alta desde 1991.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP