Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Negociantes de petróleo na Bolsa de Valores de Nova York, em 11 de maio de 2012.

(afp_tickers)

As cotações do petróleo em Nova York seguiram em queda nesta quarta-feira, no nível mais baixo em seis meses, apesar da diminuição das reservas nos Estados Unidos.

O barril de "light sweet crude" (WTI) para entrega em setembro teve baixa de 46 centavos no New York Mercantile Exchange (Nymex) a 96,92 dólares, o menor valor desde 3 de fevereiro.

Em Londres, o Brent do Mar do Norte para entrega em setembro recuou 2 centavos, negociado a 104,59 dólares o barril.

Como já era esperado pelo mercado, as reservas de petróleo bruto nos Estados Unidos caíram, de acordo com os dados do Departamento de Energia publicados nesta quarta-feira.

As reservas de cru diminuíram 1,8 mb, a 365,6 mb na semana encerrada no dia 1 de agosto. Os especialistas consultados pela agência Dow Jones Newswires estimavam uma queda de 1,7 milhão de barris.

AFP