AFP

Plataforma de petróleo perto de Tioga, na Dakota do Norte, em 21 de agosto de 2013

(afp_tickers)

Preço do petróleo fechou em baixa nesta segunda-feira em Nova York, com um mercado que avalia o eventual impacto das tensões no Golfo entre Arábia Saudita e Catar.

O preço do barril de "light sweet crude" para entrega em julho caiu 26 centavos, a 47,40 dólares no New York Mercantile Exchange (Nymex).

Às 16H00 GMT, o barril de Brent do mar do Norte para entrega em agosto era vendido a 49,22 dólares no Intercontinental Exchange (ICE) de Londres, uma queda de 73 centavos em relação ao fechamento de sexta-feira.

"O mercado foi e voltou após a ruptura de relações diplomáticas da Arábia Saudita com o Catar", afirmou Phil Flynn, da Price Futures.

Arábia Saudita, Bahrein e Emirados Árabes Unidos, todos produtores de petróleo, romperam relações diplomáticas com o Catar, que acusam de "apoiar o terrorismo".

O mercado subiu inicialmente nos intercâmbios eletrônicos que precedem a sessão, "porque havia pânico na Bolsa do Catar e isso poderia ter levado a problemas de abastecimento", detalhou Flynn.

O Catar, muito rico em gás, representa somente 2% da produção da Opep e menos de 1% da produção mundial de petróleo, mas a crise se dá em um contexto de tensão entre os dois rivais regionais, Arábia Saudita e Irã.

AFP

 AFP