Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Poço de petróleo perto da cidade de Andrews, Texas

(afp_tickers)

O petróleo fechou em forte alta nesta sexta-feira, impulsionado por novos sinais de redução da produção americana.

O barril de "light sweet crude" (WTI) avançou 1,11 dólares, a 46,04 nos contratos para agosto negociados no New York Mercantile Exchange (Nymex).

Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte, também com entrega para agosto, subiu 0,50 dólares e terminou a sessão em 47,92.

"O preço do petróleo começou a subir quando foi anunciada a redução do número de poços de extração ativos nos Estados Unidos", segundo relato semanal do grupo Baker Hughes.

"Isso sugere que a recente queda de preços começa a ter impacto nas ações dos produtores americanos", disse Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.

O barril de WTI caiu cerca de 10 dólares em um mês até chegar, na semana passada, à sua menor cotação desde agosto do ano passado.

Os preços recuperaram o terreno depois do anúncio, nesta quarta-feira, da redução da produção na semana anterior.

AFP