Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Os navios envolvidos no acidente foram o "Seafrontier" e o "Huayan Endeavour"

(afp_tickers)

Um navio petroleiro de 38.000 toneladas se chocou com outro de carga de 220 metros de comprimento de fora a fora, à 1h GMT (22h no horário de Brasília) no estreito de Pas-de-Calais, entre a França e o Reino Unido - anunciaram as autoridades marítimas francesas neste sábado (1º).

A colisão entre essas duas embarcações de Hong Kong aconteceu na zona britânica e não deixou vítimas, informaram as autoridades.

"Situação controlada, casco íntegro, não há risco de contaminação nem perigo para a navegação", ressaltaram as autoridades marítimas da Mancha e do mar do Norte.

Os navios envolvidos no acidente foram o petroleiro "Seafrontier", de 183 metros de LOA, e 23 tripulantes a bordo, e o "Huayan Endeavour", sem carga e com 22 membros da tripulação.

"O 'Seafrontier' está, atualmente, em deriva vigiada, e o 'Huayan Endeavour' assegurou que mantém sua capacidade de navegação", indicou a administração marítima.

O incidente ocorreu em uma rota entre Calais, no norte da França, e Ramsgate, leste da Inglaterra. O estreito de Pas-de-Calais é a via marítima mais frequentada do mundo, com mais de 400 navios comerciais diários.

AFP