Navigation

Piñera convida Guaidó para cúpula de novo bloco regional

Juan Guaido (centro) cercado pelos presidentes chilenos Sebastián Pinera (à esquerda) e colombiano Ivan Duque em uma coletiva de imprensa em Cúcuta (Colômbia) em 23 de fevereiro de 2019 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 27. fevereiro 2019 - 20:35
(AFP)

O presidente chileno, Sebastián Piñera, confirmou nesta quarta-feira que convidou Juan Guaidó, opositor e autoproclamado presidente da Venezuela reconhecido por cerca de 50 países, para uma cúpula de presidentes que em março tentará criar um fórum que pretenda substituir a Unasul.

Dias atrás, o direitista pediu aos países da região para se juntarem a este novo fórum. No entanto, excluiu a Venezuela porque considerou que não cumpria o requisito de ser uma democracia plena.

"Temos uma reunião de presidentes no mês de março em nosso país para discutir, com determinação, muitos dos problemas que afetam nosso continente e, é claro, Juan Guaidó é convidado para esta reunião", disse Piñera. jornalistas nesta quarta-feira, no meio de uma visita ao sul do país.

O presidente chileno, um dos mais envolvidos na pressão internacional sobre o governo de Nicolás Maduro, fez o anúncio durante um evento no qual ele lembrou o terremoto de magnitude 8,8 que atingiu o Chile em 2010.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.