Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O apresentador Billy Bush entrevista Donald Trump em 2015 na Trump Tower, em Nova York.

(afp_tickers)

Uma placa sinalizou brevemente o local onde Donald Trump foi gravado se gabando de assediar sexualmente mulheres no vídeo do programa "Access Hollywood", cujo vazamento ameaçou descarrilar sua campanha presidencial em 2016.

A placa memorial satírica foi colocada no estacionamento do estúdio da NBC em Burbank, Califórnia, no local exato onde Trump fez os comentários sexistas para o entrevistador Billy Bush.

"Neste ponto, em setembro de 2005, Donald J. Trump se gabou de cometer agressão sexual", dizia a placa. "Em novembro de 2016, foi eleito presidente dos Estados Unidos".

O editor de efeitos visuais da série de televisão "Legends of Tomorrow", Seth Gottlieb, escreveu no Facebook que os produtores de seu programa eram responsáveis ​​pela placa, que segundo ele foi colocada "em desonra do nosso presidente".

A mensagem de Gottlieb, que inclui uma foto da placa, foi publicada na semana passada, mas só atraiu atenção significativa nesta sexta-feira, quando foi amplamente compartilhada nas redes sociais.

O produtor executivo do programa, Phil Klemmer, disse no Twitter que a placa ficou no local por cerca de 15 minutos antes de funcionários do estúdio a retirarem.

Bush - que na época apresentava o programa da NBC "Access Hollywood" - é visto no vídeo gracejando com Trump, que era então o apresentador bilionário do reality show "O Aprendiz", quando a conversa se centra nas mulheres.

"Sabe, eu me sinto automaticamente atraído pelas mulheres bonitas, eu simplesmente começo a beijá-las. É como um ímã. Eu nem espero", Trump diz a Bush. "E quando você é uma estrela, elas permitem que você faça isso, você pode fazer qualquer coisa... pegá-las pela boceta".

O vídeo foi vazado pelo Washington Post em outubro de 2016, no auge da campanha eleitoral presidencial americana.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP