Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Uma pessoa joga Pokémon Go, em Bruxelas, no dia 3 de agosto de 2016

(afp_tickers)

A dois dias do início dos Jogos Olímpicos do Rio, o jogo para smartphones mundialmente popular Pokémon Go chegou nesta quarta-feira (3) ao Brasil e ao resto da América Latina - informaram seus criadores.

"Estamos emocionados de colocar oficialmente o Pokémon Go nas mãos dos nossos seguidores latino-americanos, visitantes e atletas olímpicos no Rio!", anunciaram os criadores do aplicativo em sua página do Facebook.

Recentemente, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, pediu que o jogo também estivesse disponível para usuários brasileiros.

"Alô, Nintendo! Faltam 23 dias para as Olimpíadas Rio 2016. O mundo todo tá vindo pra cá. Venha também", escreveu Paes no Facebook, usando hashtags como #PokémonGoNoBrasil.

O Pokémon Go, que permite capturar criaturas virtuais como se estivessem no mundo real, causou furor desde seu lançamento nos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia e Alemanha, no início de julho.

A tecnologia de realidade aumentada usa o sistema de localização por satélite dos smartphones para acrescentar elementos virtuais às imagens do mundo real, quando estas são focadas pelas câmeras dos celulares.

Milhões de fãs latino-americanos, que esperavam ansiosos que o aplicativo estivesse disponível em seus países, usaram as redes sociais para compartilhar sua alegria.

"Pikachu, irmão, você já é mexicano!", comemorou um usuário após ficar sabendo da notícia.

"Tinha que fazer o trabalho da faculdade, mas decidi baixar o Pokémon Go... vou me formar em 2020", brincou uma jovem argentina no Twitter.

No Brasil, que a partir desta sexta-feira (5) recebe os primeiros Jogos Olímpicos da América do Sul, alguns internautas ironizaram os riscos que correriam os jogadores ao andar pelas ruas "caçando" pokémons com seus celulares.

"Quem vai ficar feliz com o lançamento do Pokémon Go no Brasil são os assaltantes, com tantas pessoas que vão andar distraídas com o celular na mão", comentou uma usuária no Twitter, onde a hashtag #PokemonGo chegou ao topo dos Trending Topics, superando a #Rio2016.

O aplicativo gratuito Pokémon Go é uma versão contemporânea do jogo de videogame da Nintendo no final dos anos 1990 no Japão.

Criado pela empresa de desenvolvimento de software Niantic Labs junto com a Nintendo e sua filial The Pokemon Company, o Pokémon Go já tinha sido baixado por 75 milhões de pessoas antes de desembarcar na América Latina.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP