Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Policiais na estação de metrô de Parsons Green, em Londres, após atentado

(afp_tickers)

A Polícia britânica anunciou neste sábado (16) ter feito "uma detenção importante" relacionada com uma bomba de fabricação caseira que deixou 30 feridos na sexta-feira, em uma estação de metrô de Londres.

"Um homem de 18 anos foi detido pela Polícia de Kent", no sudeste da Inglaterra, "na zona portuária de Dover esta manhã", informou a Polícia, em um comunicado, classificando a detenção como "importante".

"Fizemos uma detenção importante em nossa investigação esta manhã", anunciou Neil Basu, das unidades antiterroristas da Polícia, citado no comunicado.

"Embora estejamos satisfeitos com os avanços conseguidos, a investigação segue adiante e o nível de ameaça continua sendo crítico", acrescentou.

Segundo as forças de segurança, o suspeito está em prisão preventiva em um posto de Polícia local, à espera de sua transferência "para uma delegacia do sul de Londres".

O atentado - o quinto em seis meses no Reino Unido - aconteceu na sexta-feira em um vagão de metrô, no horário de pico, às 8h20 (4h20, horário de Brasília), na estação de Parsons Green, em um bairro nobre do sudoeste de Londres.

Classificado como "terrorista" pela Polícia, o ato foi reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI).

De acordo com o último balanço divulgado pelos serviços de Saúde, 30 feridos - nenhum em estado grave - foram atendidos no hospital. Apenas três deles continuavam internados neste sábado.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP