Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(20 jul) Produção na fábrica Shanghai Husi Food

(afp_tickers)

A polícia chinesa prendeu nesta quarta-feira cinco funcionários de um fornecedor que vendia carne em mau estado a redes de fast-food como McDonald's e KFC, indicaram as autoridades de Xangai.

Entre os detidos há funcionários da fábrica Shanghai Husi Food, uma filial do grupo americano OSI, e seu responsável de qualidade, indicou o departamento de segurança pública de Xangai.

No último domingo as autoridades fecharam uma fábrica da OSI onde carne estragada era misturada com carne fresca, um caso revelado por uma rede de televisão local.

Lanchonetes como McDonald's, KFC, Pizza Hut, Starbucks, Burger King, 7-Eleven e Papa John's Pizza estão entre seus clientes na China.

Por sua vez, a filial do McDonald's no Japão confirmou que cerca de 20% da carne com a qual fabrica seus McNuggets é proveniente da fábrica de Xangai.

A OSI pediu desculpas na segunda-feira e disse estar consternada com as acusações, ao mesmo tempo em que garantiu que estava tratando o problema com seus advogados.

A fábrica de Xangai, fundada em 1996, tem mais de 500 trabalhadores com cinco linhas de produção de carne de porco, bovina e de frango, segundo seu site.

A companhia americana OSI fornece desde 1992 carne para o McDonald's na China.

O diretor-executivo do McDonald's, Don Thompson, declarou na terça-feira que sua companhia estava cooperando com as autoridades chinesas na investigação, e afirmou que "nos sentimos enganados".

AFP