Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente russo, Vladimir Putin, participa de uma reunião em Voronezh, em 5 de agosto de 2014.

(afp_tickers)

A aprovação do presidente russo, Vladimir Putin, alcançou 87%, catapultada desde a anexação da Crimeia pela Rússia em março, segundo uma pesquisa divulgada pelo centro independente Levada.

No total, 87% dos russos entrevistados apoiam a política do presidente, 22% a mais que em janeiro. O índice de pessoas insatisfeitas caiu 31% no início do ano para 13% em agosto.

Este é o maior índice de de popularidade desde a guerra Rússia-Geórgia de 2008, quando a aprovação de Putin chegou a 88%.

A aprovação de Putin também beneficia o primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, que passou de 48% em janeiro a 71% em agosto.

Além disso, 66% dos entrevistados consideram que o país está no caminho correto (43% em janeiro), contra 19% de opiniões contrárias (41% em janeiro).

A pesquisa do centro de estudos Levada foi realizada de 1 a 4 de agosto com 1.600 pessoas.

As pesquisas recentes mostram que os russos não temem as sanções contra o país. Os economistas afirmam que os efeitos não serão sentidos de maneira imediata pela população.

AFP