AFP

O ministro de Finanças português, Mário Centeno, em uma coletiva de imprensa em Lisboa, no dia 31 de março de 2017

(afp_tickers)

Portugal registrou em 2016 um déficit público de 2% do PIB, anunciou nesta segunda-feira o instituto de estatísticas Eurostat, confirmando o dado já divulgado por Lisboa, que consegue, assim, cumprir as regras da zona do euro.

Segundo os dados preliminares publicados pelo Eurostat, o governo português reduziu seu déficit de 4,4% em 2015 para 2% um ano depois, abaixo da meta de 3% fixada pelo Pacto de Estabilidade e Crescimento.

A redução do déficit "confirma o enorme rigor dos resultados obtidos em matéria fiscal", comemorou em meados de abril o ministro português das Finanças, Mário Centeno, ao anunciar os números do governo português.

O governo do socialista António Costa tenta abandonar assim o procedimento de déficit excessivo na UE, embora Bruxelas ainda se preocupe com a dívida pública, que passou de 129% em 2015 para 130,4% um ano depois, de acordo com a Eurostat.

Portugal, atingido pela crise da dívida na zona do euro, teve que aplicar duras medidas fiscais em troca de um empréstimo de 78 bilhões de euros acordado em 2011 pela UE e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

AFP

 AFP