Um arranha-céu em Madri que abriga as embaixadas de Grã-Bretanha, Canadá, Austrália e Holanda foi evacuado nesta terça-feira depois de receber um alerta falso de bomba, informou a polícia.

"Após receber uma ameaça de bomba, o protocolo de segurança foi ativado. Finalmente foi constatado que a ameaça era falsa", escreveu no Twitter a Polícia Nacional, que "investiga a origem do telefonema" que desatou o alerta.

Uma porta-voz da polícia informou à AFP que a ameaça de bomba foi recebida na embaixada da Austrália.

No Twitter, a representação diplomática australiana informou que permanecerá "fechada até novo aviso".

A ameaça foi recebida na Torrespacio, um dos quatro arranha-céus que marcam o perfil do norte de Madri, com 235 metros de altura e 57 andares.

O prédio abriga também as embaixadas da Grã-Bretanha, Canadá e Holanda, a Associação Espanhola de Bancos e a sede de várias empresas.

"As pessoas estão retornando ao prédio. Tudo voltou ao normal", acrescentou a polícia.

Os bombeiros e serviços de emergência, que participaram da evauação, anunciaram que estavam deixando o local.

De acordo com jornalistas da AFP no local, as pessoas que trabalham no prédio começaram a voltar por volta das 14h00 (9h00 de Brasília).

A evacuação foi feita de forma tranquila e demorou apenas entre 5 a 10 minutos, em um prédio acostumado a realizar simulados de emergência, disse à AFP um trabalhador que não quis se identificar.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.