O príncipe Charles, filho mais velho da rainha Elizabeth II e herdeiro do trono britânico, deu positivo para o coronavírus, informou nesta quarta-feira (25) sua residência oficial de Clarence House.

O príncipe de Gales, de 71 anos, apresenta sintomas leves da Covid-19, "mas está em boa saúde", afirma um comunicado.

O herdeiro da coroa está confinado com sua esposa Camila na residência real em Balmoral, na Escócia.

Por sua parte, Elizabeth II, de 93 anos, e seu marido, o príncipe Philip, de 98 anos, estão no Castelo de Windsor, oeste de Londres, há uma semana.

"Sua majestade, a rainha, está bem de saúde", disse um porta-voz do Palácio de Buckingham, que se recusou a dizer se ela foi testada para a Covid-19.

"A rainha viu pela última vez o príncipe de Gales brevemente após a audiência de 12 de março e segue todos os conselhos para garantir seu bem-estar", acrescentou.

Os sintomas não impediram Charles de "trabalhar em casa nos últimos dias, como de costume", segundo Clarence House.

Por sua parte, Camila, "a duquesa da Cornualha, também foi testada, mas não tem o vírus".

"Não é possível determinar onde o príncipe contraiu o vírus devido ao grande número de compromissos que assumiu no âmbito de sua função pública nas últimas semanas", afirmou.

De acordo com um dos correspondentes reais da imprensa britânica, Charles se reuniu em 10 de março em um evento em Londres com o príncipe Albert de Mônaco, que deu positivo para a Covid-19 alguns dias depois.

O Reino Unido tem mais de 8.000 casos confirmados de coronavírus e 422 mortes.

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.