Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) Príncipe Philip

(afp_tickers)

O príncipe Philip, 96 anos, marido da rainha Elizabeth II, da Inglaterra, deixou nesta quinta-feira o hospital, depois de passar duas noites internado para tratar uma infecção, anunciou o Palácio de Buckingham.

"Posso confirmar que o duque de Edimburgo deixou o hospital esta manhã", afirmou à AFP um porta-voz da Casa Real.

O marido da rainha foi internado na terça-feira à noite como "medida de precaução" para tratar uma infecção, consequência de uma "condição preexistente", segundo a Casa Real.

Philip de Edimburgo, que em 10 de junho completou 96 anos, anunciou em maio sua aposentadoria dos eventos públicos, após sete décadas de serviço à Coroa.

Apesar disso, este ex-oficial da Marinha Real assistiu no sábado ao desfile militar por ocasião do aniversário da rainha.

O duque de Edimburgo, que ostenta o recorde de longevidade entre os príncipes consortes britânicos, se casou com Elizabeth II em 20 de novembro de 1947, cinco anos antes da rainha assumir o trono.

Atualmente segue vinculado a 780 fundações como patrono, presidente ou membro.

Tataraneto da rainha Victoria como a própria Elizabeth, e de ascendência alemã, o duque nasceu em 10 de junho de 1921 na ilha grega de Corfu, como príncipe da Grécia e da Dinamarca, quinto filho e único homem da princesa Alice de Battenberg e do príncipe Andrew da Grécia.

Desde que a esposa chegou ao trono em 1952, o duque de Edimburgo compareceu a mais de 22.000 compromissos públicos e participou em 637 visitas ao exterior de modo solitário.

AFP