Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

A Flórida é a maior produtora de suco de laranja nos Estados Unidos

(afp_tickers)

Os preços do suco de laranja subiram nesta terça-feira em Nova York, conforme o furacão Irma lança dúvidas sobre a produção da fruta na Flórida.

Irma se tornou um "potencialmente catastrófico" furacão de categoria cinco, a mais elevada possível, segundo o Centro Nacional de Furacões.

Seu provável caminho mostra sua passagem pelas Ilhas Virgens, Porto Rico, Republica Dominicana, Cuba e Flórida. O estado americano já deu início a algumas evacuações.

"Apesar de não sabermos o caminho exato do Irma, impactos extensos na Flórida são uma possibilidade, e não podemos esperar para tomar medidas de preparação agressiva", disse o governador da Flórida Rick Scott.

A Flórida é a maior produtora de suco de laranja nos Estados Unidos.

Em consequência, os contratos futuros de suco de laranja congelado dispararam no Intercontinental Exchange, em Nova York.

O suco para entrega em novembro subiu 6,2%, a 1,45 dólar a libra, acumulando alta de 11% desde quarta-feira, quando surgiram os primeiros alertas preocupantes sobre o trajeto do Irma.

As laranjas não são o único produto agrícola da Flórida ameaçado pelo Irma. O estado também tem vastas plantações de algodão.

Os contratos futuros da fibra também tiveram alta de 4,2% em Nova York, mas eles já tinham subido quando a tempestade Harvey alagou plantações de algodão no delta do Mississippi, no Texas.

Os mercados ainda estão absorvendo o impacto da tempestade na infraestrutura de óleo de gás americana ao longo da Costa do Golfo, com plataformas, refinarias e tubulações afetadas pelo fenômeno meteorológico.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP