Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O prefeito de Londres, Boris Johnson, participa da Conferência Anual do Partido Conservador, na cidade inglesa de Manchester, em 1º de outubro de 2013.

(afp_tickers)

O popular prefeito de Londres, Boris Johnson, anunciou nesta quarta-feira que disputará uma cadeira de deputado nas eleições 2015, um passo que permitiria disputar a liderança conservadora com o primeiro-ministro David Cameron.

A declaração de Johnson, conhecido por sua franqueza, acaba com meses de especulações sobre sua entrada na política nacional.

"Com toda probabilidade vou tentar encontrar um lugar (circunscrição) pelo qual disputar em 2015", afirmou em um discurso em Londres o político de 50 anos, que em algumas ocasiões ironizou as possibilidades de virar primeiro-ministro, comparando as mesmas a "encontrar Elvis Presley em Marte ou reencarnar em uma azeitona".

Mas alguns setores do Partido Conservador, "os tories", consideram Johnson uma figura capaz de suceder Cameron como primeiro-ministro e evitar uma derrota, prevista nas pesquisas, para os trabalhistas liderados por Ed Miliband nas eleições de maio de 2015.

AFP