Navigation

Premiê turco condena 'mentiras' de Israel sobre Gaza

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, comparou o número de mortos entre palestinos e israelenses. afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 11. julho 2014 - 16:23
(AFP)

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, acusou nesta sexta-feira Israel de conduzir uma política baseada em "mentiras" sobre os bombardeios contra a Faixa de Gaza.

"Ele (Israel) diz que (o Hamas) dispara foguetes. Mas alguém morreu?", questionou Erdogan, que discursava para partidários reunidos em Istambul, antes de acrescentar que "o número de palestinos que vocês (Israel) mataram chegou a 100. Sua vida (a vida de Israel) é baseada em mentiras. Não é honesta".

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.