Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O premier centro-africano, Andre Nzapayeke

(afp_tickers)

O primeiro-ministro centro-africano, André Nzapayeke, renunciou nesta terça-feira, em cumprimento com o acordo de paz concluído no final de julho em Brazzaville entre os protagonistas da crise política no país.

"A presidente de transição (Catherine Samba Panza) pediu e conseguiu que o primeiro-ministro, chefe do governo de transição, que apresentasse sua renúncia e a de seu governo para permitir a aplicação efetiva dos compromissos adotados no Fórum de Brazzaville", anunciou um porta-voz da presidência.

Nas últimas semanas, a presidente preconizou em várias oportunidades uma reforma governamental dentro do espírito de uma ampla abertura e reconciliação nacional, segundo a fonte.

Ante a pressão dos países da região e da comunidade internacional, um frágil acordo de cessar-fogo foi iniciado em julho na capital do vizinho Congo pelos chefes da ex-rebelião Seleka e delegados dos milicianos antibalaka, assim como por representantes políticos, religiosos e da sociedade civil.

AFP