AFP

A candidata da extrema direita, Marine Le Pen, em Hénin-Beaumont, em 23 de abril de 2017

(afp_tickers)

A líder de extrema direita Marine Le Pen celebrou o "resultado histórico" com sua passagem, neste domingo (23), para o segundo turno da eleição presidencial francesa, que acontece em 7 de maio próximo.

"Superamos uma etapa", declarou a líder da Frente Nacional (FN), convocando a população a "aproveitar essa oportunidade única" para "libertar o povo francês".

AFP

 AFP