Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos

(afp_tickers)

O presidente Juan Manuel Santos disse nesta quinta-feira (22) que a Colômbia "é um país melhor do que há sete anos", quando ele assumiu a presidência, segundo declarações retransmitidas a partir de Cannes, pela página oficial do festival de publicidade Cannes-Lions.

"Hoje temos paz, algo que parecia impossível há dois anos", acrescentou Santos, que participou do festival internacional realizado no sul da França.

"A paz levará tempo, estamos começando apenas a reconciliar os colombianos", ressaltou o Prêmio Nobel da Paz de 2016.

O presidente colombiano, que terminará no próximo ano seu segundo mandato, chegou nesta quarta-feira (21) em Paris para uma visita inicialmente prevista para a inauguração da segunda parte do ano França-Colômbia, que possui uma série de manifestações e eventos culturais no território francês.

Após a sua passagem de algumas horas por Cannes, Santos retornou para Paris, onde havia se programado para reunir-se com o primeiro ministro francês Edouard Philippe, antes de cumprir um compromisso com o secretário-geral da OCDE, José Ángel Gurría.

No dia anterior, ele se reuniu com o presidente francês, Emmanuel Macron, que reiterou o apoio pela consolidação da paz na Colômbia após mais de 50 anos de conflito armado.

Macron anunciou, entre outros, um pacote de 350 milhões de euros para financiar projetos na etapa pós-conflito.

A Colômbia encontra-se em fase de aplicação do acordo de paz alcançado em novembro entre o governo de Santos e a guerrilha armada das Farc, visando o fim de mais de meio século de conflito.

AFP