Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Arquivo) O presidente argentino Mauricio Macri durante discurso na Casa Rosada, em Buenos Aires, em 7 de abril

(afp_tickers)

O presidente argentino, Mauricio Macri, retomou nesta segunda-feira suas atividades oficiais, depois de ter passado o fim de semana em repouso após um episódio de arritmia pelo qual precisou ser hospitalizado na sexta-feira por algumas horas.

"Estou bem para seguir trabalhando", disse Macri em um ato público nos arredores de Buenos Aires.

Macri, de 57 anos, foi hospitalizado na sexta-feira por algumas horas para a realização de exames por uma repentina arritmia que o obrigou a cancelar sua agenda.

O presidente passou o fim de semana em repouso, explicou o diretor da Unidade Médica Presidencial, Simón Salzberg.

"O que teve foi um transtorno do ritmo cardíaco, não uma doença", disse o médico à rádio Mitre nesta segunda-feira, ao indicar que o coração do presidente é saudável.

AFP