Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, participa de coletiva de imprensa, na Cidade do México, no dia 8 de maio de 2015

(afp_tickers)

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, compareceu neste sábado ao sepultamento de 16 das 92 vítimas da avalanche em Salgar (nordeste).

A cerimônia coletiva, a segunda realizada após a tragédia que atingiu a pequena cidade do Departamento de Antioquia na última segunda-feira, foi realizada na presença de uma multidão silenciosa, na igreja de San Juan Evangelista.

Santos participou das leituras da liturgia e saudou a população, reiterando os pêsames em nome de seu governo e do país.

"Trabalharemos sem descanso na reconstrução", disse Santos em sua conta do Twitter, pouco depois da cerimônia religiosa.

Os socorristas recuperaram 92 corpos após dias de buscas na pior tragédia registrada na história dessa região colombiana.

A avalanche, que arrasou dezenas de casas e matou famílias inteiras na madrugada de segunda-feira, deixou 300 famílias desabrigadas.

Santos prometeu na sexta-feira que reconstruirá o local e que seu governo entregará casas novas, em no máximo um ano, às famílias que não têm onde morar.

AFP