Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente do Equador, Rafael Correa, discursa no III Encontro da Celac, realizado na Costa Rica, em registro feito no dia 28 de janeiro de 2015

(afp_tickers)

O presidente do Equador, Rafael Correa, participará na Cúpula dos Povos no Panamá, um evento alternativo à Cúpula das Américas, que também contará com a presença do presidente boliviano, Evo Morales.

De acordo com Olmedo Beluche, um dos organizadores do evento, Correa participará na cerimônia de encerramento da Cúpula dos Povos, que acontecerá de 8 a 11 de abril na Universidade do Panamá.

O evento pretende ser uma alternativa à Cúpula das Américas, que reunirá os chefes de Estado e de Governo do continente nos dias 10 e 11 de abril.

Morales dará uma conferência no dia 10 e depois deve jogar futebol com indígenas panamenhos.

Os organizadores também convidaram para a Cúpula dos Povos os presidentes Nicolás Maduro (Venezuela), Daniel Ortega (Nicarágua), Raúl Castro (Cuba), Cristina Fernández (Argentina) e Dilma Rousseff (Brasil).

AFP