Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, discursa na ONU

(afp_tickers)

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, chamou nesta quinta-feira o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de "Gigante dourado Golias" que ameaça destruir o mundo.

Ao discursar na Assembleia Geral das Nações Unidas, o veterano líder de 93 anos criticou tanto as posições políticas como a aparência de Trump.

"Alguns de nós estão incomodados, até assustados, com o que parece o retorno do bíblico Gigante dourado Golias".

"Golias está voltando, ameaça com a extinção os demais países?" - questionou Mugabe, provocando aplausos na Assembleia.

"Devo dizer ao presidente dos Estados Unidos, Sr. Trump: por favor, faça soar sua trombeta, por favor, faça soar a trombeta pela unidade, a paz, a cooperação, o diálogo, pelo que sempre lutamos e está bem claro no nosso sagrado documento, a Carta das Nações Unidas".

Em seu primeiro discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, na segunda-feira, Trump disse que se os Estados Unidos "forem forçados a se defender ou a seus aliados, não haverá outro remédio que destruir totalmente a Coreia do Norte".

Mugabe mantém tensas relações com os países ocidentais, que impuseram sanções para pressionar por mais democracia no Zimbábue, que governa há 37 anos.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

AFP