Navigation

Presidente eleito da Costa Rica anuncia ministério com maioria de mulheres

O presidente da Costa Rica, Carlos Alvarado, na cerimônia de sua posse, na Suprema Corte Eleitoral, em San José, em 26 de abril de 2018 afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 27. abril 2018 - 10:41
(AFP)

O presidente eleito da Costa Rica, Carlos Alvarado, anunciou que seu ministério será integrado por 11 homens e 14 mulheres, incluindo a deputada Epsy Campbell como ministra das Relações Exteriores.

Campbell, uma economista afrodescendente de 54 anos, também será a vice-presidente do governo Alvarado, que assumirá o poder no dia 8 de maio.

"Formamos um gabinete con representantes de diferentes setores e partidos políticos, com uma importante representação jovem e o maior número de mulheres na história do país", escreveu Alvarado no Twitter.

Jornalista e cientista político de 38 anos, Alvarado foi eleito no dia 1 de abril no segundo turno pelo Partido Ação Cidadã (PAC), do atual presidente Luis Guillermo Solís.

O ministro da presidência, cargo chave no país, será o advogado Rodolfo Piza.

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.