O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, pediu nesta segunda-feira ao seu colega venezuelano, Nicolás Maduro, que apresente provas da acusação contra seu chanceler de coordenar com os Estados Unidos "agressões contra a Venezuela" ou "se retrate publicamente".

O presidente uruguaio "solicita" ao presidente venezuelano "que forneça as provas da infundada denúncia" ou, "caso contrário, se retrate publicamente", afirmou a presidência em um comunicado.

O comunicado reflete um endurecimento do tom de Montevidéu com Caracas, que até agora vinha apoiando o país para que permaneça nos organismos regionais de integração.

Palavras-chave

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.