Navigation

Primeiro-ministro japonês pretende se reunir com Biden em abril nos EUA

O primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga afp_tickers
Este conteúdo foi publicado em 12. março 2021 - 03:33
(AFP)

O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, planeja viajar para os Estados Unidos em abril, o que o tornaria o primeiro líder mundial a se encontrar pessoalmente com o presidente americano, Joe Biden, informou o governo japonês nesta sexta-feira (12).

"Se as circunstâncias permitirem, o primeiro-ministro Suga visitará os Estados Unidos na primeira quinzena de abril", disse o porta-voz do governo, Katsunobu Kato, a repórteres.

Suga se tornaria assim "o primeiro líder estrangeiro a se encontrar cara a cara" com Biden, acrescentou.

A possibilidade de uma visita do primeiro-ministro japonês aos Estados Unidos já havia sido mencionada nas imprensas japonesa e americana, mas não havia sido oficialmente confirmada.

Tóquio já havia informado que Suga queria se reunir o quanto antes com o presidente dos Estados Unidos para fortalecer a aliança entre os dois países, em meio a preocupações com a China.

Kato disse que o encontro terá como foco a situação na área do Indo-Pacífico, as medidas contra a pandemia do coronavírus e as mudanças climáticas.

O programa da visita ainda está em desenvolvimento, acrescentou.

Kato revelou que tanto o primeiro-ministro Suga quanto os demais membros da delegação japonesa serão vacinados antes de viajar a Washington.

A campanha de vacinação teve um início lento no arquipélago japonês, com apenas 180.000 profissionais de saúde imunizados até o momento.

Biden e Suga participarão nesta sexta-feira, juntamente com os primeiros-ministros da Austrália e da Índia, de uma cúpula virtual do "Quad", aliança criada para servir de contrapeso a uma China cada vez mais poderosa na região.

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.