AFP

Homenagem às vítimas depositada nos arredores da Manchester Arena

(afp_tickers)

Duas meninas, de 8 e 18 anos, foram as primeiras vítimas identificadas entre as 22 deixadas pelo atentado suicida desta segunda-feira em Manchester, ocorrido depois do show da cantora pop americana Ariana Grande.

Também há 59 feridos, em alguns casos em estado grave, dos quais pelo menos 12 têm menos de 16 anos.

Segundo a primeira-ministra britânica, Theresa May, entre o público há muitas crianças e adolescentes, o perfil predominante entre os fãs de Ariana Grande.

. Mortos

- Saffie Rose Roussos, oito anos

Roussos foi para o show, saindo do condado vizinho de Lincolnshire, ao norte de Manchester, com sua mãe e sua irmã de cerca de 20 anos, que ficaram feridas, segundo a imprensa britânica.

- Georgina Callander, de 18 anos

Estudante universitária, também de Lancashire. No dia anterior ao show, a jovem publicou uma foto nas redes sociais abraçada com a cantora. "FELIZ DE TE VER AMANHÃ", dizia a legenda da foto.

AFP

 AFP